quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

ESPECIAL - GUIA DE SOBREVIVÊNCIA PARA 2016 Marcelo Gualberto

Cresce o número de desigrejados. Pessoas cristãs, que não suportam mais o meio chamado evangélico. Eu mesmo, embora pastor, quase me tornei um, não fosse a misericórdia do Senhor, que me falou a respeito a partir dos seis primeiros capítulos do Apocalipse. Sugiro a leitura e estudo do texto acima para tantos quantos estiverem frustrados e desanimados com o sistema eclesiástico vigente.

Talvez, como eu, você esteja entre dois extremos: o velho já não serve e o novo também não. Explico. O sistema antigo, engessado e pesadamente institucionalizado, sufoca. O novo, com loucuras doutrinárias e teológicas, amedronta. De um lado a organização engoliu o organismo, enquanto, do outro, não há organização. O sistema denominacional histórico se tornou extremante politizado, burocrático e lento. O que de novo surgiu não dá nem pra comentar. Uma das últimas foi a venda de "canetas ungidas" para candidatos do ENEM, com a promessa de que acertariam todas as questões.
O que fazer quando se está perdido na "selva gospel de pedras e templos e arcas e apóstolos e reverendos e celebridades e visões e profetadas e maracutaias e correntes e óleos e politicagem e cachês e shows e sacrifícios e lista que não acaba?"
Abandonar a fé? Ser cristão sem sair de casa? Frequentar uma igreja virtual? Criar uma nova igreja? Ser um cristão flutuante tipo cada domingo numa igreja? Ser cristão sem ser evangélico? Reunir com amigos semanalmente para desabafar e falar mal da igreja? Será que não se aproveita nada do que já existe por aí?
Sugiro um Guia de Sobrevivência para o ano novo. Algumas dicas que podem nos ajudar a completar a carreira e guardar a fé.
1) Seja criterioso na seleção de programas evangélicos na TV. Poucos são os bons.
2) O mesmo cuidado deve ser tomado com as rádios evangélicas. Os locutores, muito deles sem nenhum conhecimento, soltam uma canelada bíblica atrás da outra.
3) Não sustente celebridades gospel. Não contribua para o crescimento de egos já inflados pela fama.
4) Volte-se para a simplicidade do Evangelho (Bíblia e oração)
5) Evite igrejas nas quais dinheiro é fim e não meio.
6) Fuja de lideranças que abusam espiritualmente de liderados.
7) Não se envolva com política eclesiástica, que é feita em nome de Deus sem a benção de Deus.
8) Não carregue fardos pesados impostos por homens. O fardo de Jesus é leve e suave.
9) Não se dedique a projetos nos quais homens e não o Senhor serão glorificados.
10) Tenha um senso de missão encarnado. Vivemos para servir a Deus servindo ao próximo.
11) Seja "BEREANO". Verifique nas Escrituras se as coisas são do jeito que se prega no púlpito.
Feliz 2016 apesar de ....
Marcelo Gualberto
pastor Presbiteriano
e Diretor Executivo da MPC Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...