segunda-feira, 15 de junho de 2015

o que existe por trás de uma grande amizade?

Um nó, dois nós
Eu mais um ou mais;
Um ser simplesmente.
O eu poético do verdadeiro encontro,
nó no plural; nós.

Se o nó é na garganta e um de nós aflito,
o outro, sossegado, erudito, tem o antídoto.
E assim sucessiva, alternada e alternativamente.

Amigos; do saber, no lazer, no ócio e no labor.
Buscando o equilíbrio, temperante.
Dás-me que dou todo o meu ser, todo o meu querer ser, todo ouvido.

Havendo ouvido, e por seus conteúdos movido, 
cada indivíduo vai e ver vir ávido dizer: Conte comigo! Práxis edificante.
(Encontro, Oficina G3)


A amizade carrega mais amor do que nós geralmente percebemos ou atribuímos.

A experiência diz - mas nem sempre os jovens realmente buscam viver assim - que um relacionamento entre um casal só é sólido o suficiente para se manter durante toda a vida se tiver a amizade como fundação. A amizade, no entanto, passa despercebida. Geralmente quando um jovem ou uma jovem diz isso eles querem exaltar o romantismo e não a amizade. O romance é bonito? Sim, é lindo como os sonhos de um conto de fadas. Mas a amizade tem suas belezas escondidas nos seus próprios detalhes também, ela não é tão simplista como vem sendo tratada. A amizade, infelizmente, anda desvalorizada.

Quando paramos para observar, refletir, usufruir ou perceber o amor que há nas amizades? Esse sentimento de doação e estima pela outra pessoa, ainda que ela carregue muitos defeitos em si. A amizade acalenta, aquece e anima muito os corações. Desde aqueles pequenos gestos que duram os segundos de um empurrãozinho até os grandes gestos como ajudar a subir uma geladeira pelas escadas de vários andares ou voar horas para dar um abraço em quem acabou de perder os pais, amigos doam o melhor de si como e quando podem em favor do outro. Quanto amor!

Jesus disse que nos chamará de amigos, se fizermos o que ele nos ordena. Pense que privilégio sermos chamados de amigos de Jesus! E a ordem dele é: que sejamos amigos uns dos outros, como ele é de nós. Ame aos outros, como ele te amou.

Creia nele como o seu Salvador; obedeça-o como o seu Senhor; e você será amado a ponto de ser chamado de amigo pelo único homem perfeito que já existiu, e entregou a própria vida em favor dessa amizade.

O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei.
Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos. Vocês serão meus amigos, se fizerem o que eu lhes ordeno. 
João 15:12-14

vidas-eternas.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...