sábado, 20 de dezembro de 2014

Uma carta de C. S. Lewis que você nunca leu


No último dia 9, o jornal inglês “The Guardian” publicou uma notícia alvissareira para os milhões de leitores do autor de Surpreendido pela Alegria. Acaba de ser encontrada uma carta, escrita à mão, na qual C. S. Lewis define a sua noção de alegria. [Veja uma foto da carta no final deste texto]

Em sua letra inconfundível, o autor das “Crônicas de Nárnia” 
escreve que “a alegria é quase tão diferente de segurança ou prosperidade quanto é diferente de agonia”. Aliás, definição um tanto desconcertante para as costumeiras saudações de fim de ano: “Muita paz, alegria e prosperidade...”

A carta, desconhecida até a semana passada, foi escrita em 1945 e parece uma prévia do que viria três anos mais tarde, o lançamento das memórias do autor: Surprised by Joy – the shape of my early life. Conhecida em todo o mundo como autobiografia espiritual, Surpreendido pela Alegria será o lançamento da Editora Ultimato de março de 2015.

Segundo o jornal britânico, a carta de Lewis “foi descoberta dentro de um livro usado e registra o autor escrevendo que a alegria “entra pelas costelas e desce fazendo cócegas pelas costas e faz com que a pessoa se esqueça das refeições e a mantém acordada e cheia de entusiasmo a noite toda”.

E, por último, um detalhe: a carta vai a leilão exatamente hoje. Para ler a notícia na íntegra (em inglês), acesse o site do The Guardian
ultimato

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...