sábado, 19 de abril de 2014

Luas de Sangue não tem relação com profecias bíblicas, diz pesquisador

luadesangue
O pesquisador cristão Luiz Carlos Fernandes, do ministério Spiritual Group, concedeu uma entrevista ao GospelPrime para explicar se há relação entre o fenômeno meteorológico chamado“Lua de Sangue” com as profecias bíblicas.
Entre 2014 e 2015 acontecerão quatro “luas de sangue”sendo que a primeira poderá foi vista na madrugada terça-feira (15) a partir das 1h53 (horário de Brasília) em todo território nacional.
Muitas pessoas acreditam que este fenômeno é o cumprimento do livro de Joel 2:31 que precede os dias de tribulação antes da Volta de Cristo, mas para Fernandes o eclipse lunar não tem nenhuma relação com as profecias.
O pesquisador lembra que essa mudança na cor da Lua aconteceu por diversas vezes ao longo da históriae que os textos bíblicos se referem a coisas maiores.
“Existe uma total diferença entre os eclipses lunares previstos aos milhares pela NASA e os fenômenos bíblicos que acontecerão na volta de Cristo”.
Fernandes chega a citar que há alguns pastores, no Brasil e no mundo, que usam esses eclipses para anunciar o fim do mundo sem ter nenhuma base bíblica.
Ele cita o nome do pastor americano John Hagee que durante muitos anos anunciou que o arrebatamento aconteceria antes das luas de sangue e que agora lançou um novo livro dizendo que a tétrade (quatro luas de sangue) representará o início da grande tribulação.
“Parece que ele conseguiu uma prorrogação de mais 7 anos para poder vender mais de seus livros”, disse Fernandes que também fez um alerta aos cristãos brasileiros: “Se alguém pregar a volta de Cristo antes da grande tribulação ou antes do aparecimento do anticristo, sem a menor sombra de dúvidas ele é um falso profeta.
Leia a entrevista na íntegra:
Sabemos que você tem se aplicado há muitos anos no estudo da escatologia, lhe perguntamos, as “luas de sangue” mencionadas nos livros de Joel 2.31, Atos 2.20, Mateus 24.29 e Apocalipse 6.12 são os eclipses lunares divulgados pela NASA? Elas realmente representam a volta iminente de Cristo ou do arrebatamento da Igreja?
Antes de mais nada é necessário frisar que já aconteceram milhares de eclipses lunares semelhantes a esses aolongo da história.
A NASA disponibiliza inúmeros artigos mostrando que a ocorrência dos eclipses lunares e solares é muitomais comum do que se imagina! Teremos 85 eclipses lunares totais no século XXI. Ou seja, existe uma total diferença entre os eclipses lunares previstos aos milhares pela NASA e os fenômenos bíblicos que acontecerão na volta de cristo que, obviamente, não são meras mudanças coloridas na lua e sim acontecimentos cataclísmicos sem precedentes, isso precisa ser entendido pelo povo cristão de forma urgente, pois um grande engano se aproxima a “passos largos”!
Portanto, afirmar que esses fenômenos são a volta iminente de Cristo ou que pré-anunciam o “arrebatamento secreto” é uma atitude leviana e oportunista de alguns pastores que tem saído pelo mundo a apregoar falsas doutrinas, na verdade John Hagee, que é atualmente o principal deles, nem ao menos acredita que o Senhor Jesus é o Messias, o Filho de Deus, veja por você mesmo: aqui e aqui também. Inclusive ele, pela segunda vez mudou sua versão sobre as luas de sangue…
O pastor texano que afirmava categoricamente em seus sermões que o “arrebatamento secreto” ocorreria “antes das luas de sangue”, agora está dizendo em seu novo livro “Four Blood Moons: Something is About to Change” (Quatro Luas de Sangue: Algo está prestes a mudar, em inglês) que os próximos eclipses lunares serão o início de um período de tribulação de sete anos e o “arrebatamento secreto” agora, pode acontecer há qualquer momento. Ou seja, parece que ele conseguiu uma prorrogação de mais 7 anos para poder vender mais de seus livros.
Você acredita que a tétrade (4 Luas de sangue) tem realmente algo a ver com o Israel moderno, o que é a verdade nessa história?
A história recente nos revela que a nação moderna de Israel foi fundada em 1948 através da ONU e entregue pela Inglaterra desde 1917, por acordo de guerra aos ”falsos judeus” Asquenazis, profetizados na Bíblia que apareceriam no tempo do fim em Apocalipse 2.19 e 3.19 da Família Rothschild, que aliás, não por acaso é a dinastia de falsos judeus banqueiros mais poderosa da terra.
Ora, se a Nação de Israel moderna foi fundada para atender aos interesses de uma determinada família de “falsos judeus”, como podemos acreditar ser possível que as festas ali realizadas anualmente sejam legítimas como no tempo do antigo Israel? Quem pode garantir que essa nação, surgida pelos interesses escusos de um grupo de poderosos não esteja mergulhada em enganos e possa de fato estar cumprindo o calendário bíblico mantendo assim as festas judaicas nas devidas datas?
Se eles rejeitaram a verdade, abraçando o engano e crucificando o próprio filho de Deus e até hoje ainda permanecem no engano, mesmo tendo Cristo dividindo a história em antes de depois da sua vinda, será realmente que podemos beber algo “dessa fonte amarga” sem nos envenenar?
Tiago em seu livro no capítulo 3 deixou muito claro sobre quem ele se referia quanto ser a fonte “amargosa”:
3.11   Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso?
3.12   Acaso, meus irmãos, pode a figueira produzir azeitonas ou a videira, figos? Tampouco fonte de água salgada pode dar água doce.
O Senhor Jesus deixou claro no Evangelho de João sobre quem era a verdadeira videira, ou seja ele mesmo!
As datas fornecidas pela NASA das “luas de sangue” ou eclipses lunares, que sempre ocorreram (e vão continuar a acontecer pois se trata de fenômenos naturais como quaisquer outro), não tem absolutamente nada a ver com os grandes acontecimentos cataclísmicos bíblicos profetizados em Joel 2.31, Atos 2.20, Mateus 24.29, Apocalipse 6.12 ou qualquer outra passagem bíblica.
Este ano e no próximo ano ocorrerão estes mesmos eventos e mesmo que pareçam algo profético, não o são, porém lhe afirmo, serão usados com tal!
Assim como a elite mundial liderada pela família de banqueiros mais poderosa da terra usou como excelente pretexto e respaldo bíblico as “luas de sangue” (que aconteceriam no biênio 48-49) para invadir a Palestina e ali através da guerra da independência financiada pelos bilhões dos banqueiros Rothschild fundar o estado sionista de Israel, assim como, da mesma forma em 1967, “COINCIDENTEMENTE” durante “as luas de sangue” as usou para expandi-lo anexando a Cisjordânia e parte de Jerusalém, farão nessa tétrade exatamente o mesmo!
Ou seja, usarão as luas de sangue entre 2014 e 2015, para provocar mais guerra no Oriente Médio, tendo como alvo principal o Irã, pois é questão de tempo manipularem a opinião pública de forma maciça, provavelmente com um ataque nuclear de “falsa bandeira”, seja na América ou mesmo em Israel, que será provocado por eles mesmos no intuito de “satanizar” o Irã frente a opinião pública mundial, como fizeram recentemente colocando o mundo contra a Síria, afirmando que a mesma usou armas químicas contra seus próprios compatriotas, quando foi a própria América e Israel (e isso já foi provado documentalmente pela Rússia), foi quem financiou os “rebeldes” (leia-se mercenários pagos), para cometer tamanha atrocidade.
Esse próximo ataque nuclear de falsa bandeira, a partir do Oriente Médio, mergulhará o mundo inteiro em uma espiral crescente de caos, destruição e milhões de mortes provocando finalmente a 3ª Guerra Mundial prevista no 4º selo do livro de Apocalipse 6.8:
“E olhei, e eis um cavalo amarelo e o seu cavaleiro, sendo este chamado Morte; e o Inferno o estava seguindo, e foi-lhes dada autoridade sobre a quarta parte da terra para matar à espada, pela fome, com a mortandade e por meio das feras da terra.”
Além das “Luas de Sangue” que outros sinais biblicamente falando, poderiam nos indicar a brevidade da volta de Cristo?
Essa pergunta é excelente, há 14 anos atrás criei um grupo de debate bíblico, que hoje conta com mais de 5.000 pessoas e atualmente funciona tanto no Facebook, como no Youtube e também no Twitterjustamente para explicar que: “A cronologia bíblica é a chave para compreender as profecias”. Quando sabemos a “linha do tempo” dos fatos bíblicos é impossível sermos enganados por quem quer que seja. essa tem sido a nossa luta em todos esses anos.
Vejamos por exemplo o caso específico dos sinais nos céus que são citados na Bíblia em diversas passagens, como por exemplo nos Livros de Mateus 24.29, Lucas 21.25 e Apocalipse 6.12.pois em meio a proliferação do engano profetizada pelo Salvador em Mateus 24, em nada menos que 4 versículos (3, 4, 11 e 24) nos dá a oportunidade de UNICAMENTE pela Bíblia, entendermos que muitos outros sinais são necessários acontecer. Um deles e o mais óbvio está em Mateus 24.29, onde Ele revela os sinais que aconteceriam no céu e que obviamente não são sinais comuns…
“Logo em seguida à tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua claridade, as estrelas cairão do firmamento, e os poderes dos céus serão abalados.”
Repare que Ele diz que os poderes dos céus serão abalados, ou seja não é simplesmente a lua mudar de cor…
Além disso, repare também que, antes desse grande abalo acontecer (e pode ter certeza que se Ele disse abalo é abalo mesmo) teremos a “tribulação daqueles dias”, obviamente isso é a Grande tribulação citada em todo o capítulo 24 de Mateus.
Outra dica inconfundível sobre um outro sinal que antecederia a volta de Cristo (que aliás só o Pai saberia como está Mateus 24.36) foi dada pelo Apóstolo Paulo que dedicou um texto inteiro em 2 Tessalonicenses capítulo 2 apenas para tratar da volta de Cristo e logo no princípio do capítulo ele vai direto ao ponto, visando neutralizar completamente o engano e as fábulas satânicas:
Irmãos, no que diz respeito à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reunião com ele, nós vos exortamos a que não vos demovais da vossa mente, com facilidade, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como se procedesse de nós, supondo tenha chegado o Dia do Senhor. Ninguém, de nenhum modo, vos engane, porque isto não acontecerá sem que primeiro venha a apostasia e seja revelado o homem da iniquidade, o filho da perdição.
Ou seja, se alguém pregar a volta de Cristo, antes da grande tribulação ou antes do aparecimento do anticristo, sem a menor sombra de dúvidas, ele é um falso profeta!
Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...