sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Calvino Rocha - TEMPLO DE SALOMÃO?


Calvino Rocha
Contando com a presença das mais diversas figuras políticas brasileiras, o Bispo Edir Macedo inaugurou em São Paulo, no bairro do Brás, o que ele chamou de “Templo de Salomão”, um sonho megalomaníaco do líder da Igreja Universal do Reino de Deus.

A réplica do templo de Salomão de Edir Macedo custou uma verdadeira fortuna, mais de 680 milhões de Reais. Os números do Templo de Salomão são impressionantes. São 100 mil metros quadrados de área construída. Macedo importou mármore rosa italiano, oliveiras e pedras de Israel, além de 10 mil cadeiras da Espanha.

Se Macedo usar o templo no Brás como uma espécie de museu a ser visitado por multidões curiosas, não existe um grande problema na magnífica construção, mas se ele tem a intenção de fazer do templo um lugar onde Deus está presente, ele incorrerá num grande erro e em heresia. 

Além de ponto turístico, não consigo ver qualquer propósito na construção da réplica do Templo de Salomão, no Brás, afinal de contas, na perspectiva neotestamentária, o povo de Deus é o “templo do Espírito Santo” e não uma construção feita de pedras e cimento. Além disso, precisamos lembrar que no Antigo Testamento o templo de Salomão cumpria um papel muito específico, era o lugar onde o povo oferecia os sacrifícios e dedicava suas ofertas, no entanto, para os cristãos, o templo de Salomão não tem a menor utilidade, pois como diz o apóstolo Paulo: ”Porque tudo isso tem sido sombra das coisas que haviam de vir...” – (Cl. 2.17), o que acontecia no antigo Templo de Salomão era apenas sombra do que viria e, em Jesus, tudo se cumpriu, ou seja, o Templo de Macedo é apenas uma construção nababesca que mostra o comportamento tresloucado de um megalomaníaco que descobriu, segundo alguns, um novo jeito de “tirar” dinheiro do povo.

Pr. Calvino Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...