terça-feira, 19 de setembro de 2017

Magno Malta é vice-líder no ranking dos políticos evangélicos mais influentes das redes sociais

Resultado de imagem para Magno Malta (PR)
O senador Magno Malta (PR) é o segundo parlamentar mais influente nas redes sociais entre os evangélicos. A pesquisa realizada pela FSB Comunicação mostra que o senador pelo Espírito Santo só perde para o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP). Entre as bancadas estaduais, o Espírito Santo aparece em sétimo no ranking.
Segundo a pesquisa, o senador pelo Espírito Santo tem 1,3 milhão de seguidores no Facebook e 110 mil seguidores no Instagram, com postagens diárias e vídeos de seus discursos. Ele fica atrás do filho do presidenciável Jair Bolsonaro, com quem Malta ensaia uma composição para a disputa do próximo ano à Presidência da República. O deputado federal do PSC tem mais de 1,4 milhão de seguidores no Facebook e mais de 320 mil no Instagram.
Outro parlamentar do Estado que aparece no ranking de influências no meio evangélico, em 21º lugar, é o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT). Depois dele vem Carlos Manato (SD), em 49º. Malta e Vidigal pertencem à Igreja Batista, já Manato é membro da Igreja Maranata.
O FSB Influência mediu a performance de cada parlamentar, levando em consideração o número de seguidores, o alcance e o volume de posts, o número e a intensidade das interações no Facebook e no Twitter. Os dados são, foram calculados e ponderados. O resultado final é o índice de influência. O levantamento da FSB também afere a influência dos parlamentares da Câmara e no Senado, independentemente da questão religiosa. Nesse ranking, Malta também está muito bem colocado. Entre os 81 senadores, ele é o quinto mais influente. Fica atrás apenas de Lindbergh Farias, Gleisi Holffmann, Humberto Costa (os três do PT) e Álvaro Dias (Podemos). No geral, considerando os parlamentares da Câmara e do Senado, Malta aparece em décimo segundo lugar. O ranking geral é liderado por Lindbergh Farias. Jair Bolsonaro aparece em segundo.
O material se refere ao desempenho dos parlamentares nas redes sociais durante o primeiro semestre de 2017. Foi mapeado e mensurado o comportamento e as interações dos parlamentares brasileiros entre os dias 02 de fevereiro a 17 de julho, período de funcionamento do Congresso Nacional.
Com um índice de influencia de 21,37, o Espírito santo é o sétimo estado em influência no congresso, atras de Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, São Pernambuco e Goiás. Na pesquisa geral, Malta aparece em quinto lugar entre os senadores mais influentes das redes sociais. Ricardo Ferraço (PSDB) aparece em 28º e Rose de Freitas em 65º lugar. 
Entre os deputados federais, o capixaba mais bem colocado é Marcus Vicente (PP), em 47º lugar. Ele é seguido pelos petistas Helder Salomão (65º) e Givaldo Vieira (77º). Evair de Melo (PV) está 131º lugar, Jorge Silva (PHS), em 133º, Sergio Vidigal (PDT), em 163º, Lelo Coimbra (PMDB), 209º, Paulo Foletto (PSB), 222º, Carlos Manato (SD), em 246º e Norma Ayub (DEM), em 301º.
seculodiario.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...