segunda-feira, 21 de novembro de 2016

ESPECIAL III Encontrão Presentia - Parte I O Túnel do Tempo

O Túnel do Tempo é uma série de ficção científica (anos 60) que mostrou, com muito sucesso, as aventuras de dois cientistas que realizam viagens através do tempo. O programa foi a terceira série de ficção-científica criada e produzida para a tevê pelo produtor Irwin Allen, sendo lançada pelo estúdio 20th Century Fox Television e transmitida pela rede de televisão americana ABC. Apesar da audiência, durou apenas 30 episódios em uma única temporada, devido ao seu elevado custo de produção.
O produtor Irwin Allen já tinha emplacado a série Viagem ao Fundo do Mar na rede ABC americana e estava se preparando para lançar Perdidos no Espaço na CBS. Foi quando a ABC o convidou para produzir uma série sobre viagens no tempo.
Naquela época, havia sido lançado um livro chamado The Time Tunnel (O Túnel do Tempo), escrito por Murray Leinster. A publicação falava de um túnel em uma viela parisiense, usado para se chegar à era Napoleônica, onde negociadores de arte estavam roubando velhos artefatos. Apesar da história ser fraca, inspirou Allen a criar um grande projeto para a tevê.

Trama e Desenvolvimento

O Projeto Tic-Toc é uma empreitada secreta do governo americano para a construção de uma máquina do tempo, conhecida como Túnel do Tempo, devido a sua aparência de um corredor cilíndrico. A base para o projeto é um enorme complexo oculto no subsolo em uma locação do Arizona, situada 800 andares abaixo da superfície, onde trabalham mais de 36 mil pessoas.
Reclamando o alto investimento e a falta de resultados concretos o senador dos Estados Unidos Leroy Clark (Gary Merrill) trata de fazer uma investigação no projeto, que já havia consumido 7,5 bilhões de dólares e dá um ultimato: ou eles realmente conseguem enviar uma pessoa através do tempo em até 24 horas ou ele retirará para sempre o financiamento do projeto.
No desenvolvimento da estória prova-se que os cientistas estavam certos e a viagem no tempo acaba acontecendo.
A série sempre começava com o locutor narrando assim: 
Imagem do Titanic é vista dentro do Túnel do Tempo na sala de controle
“Dois cientistas americanos se encontram perdidos nos infinitos labirintos de épocas passadas e futuras, durante a primeira experiência do maior e mais secreto projeto americano: o Túnel do Tempo. Tony Newman e Doug Phillips partem agora indefesos para uma nova e incrível aventura, em alguma parte dos eternos caminhos do tempo”.
Viajar Pelo Tempo Torna-se Possível
A viagem através do tempo é facilitada pelo fato de uma determinada época ser retratada como um espaço continuum, acessível em qualquer ponto através da engenhosa máquina (o túnel) como um corredor abrangendo seus alcances infinitos. No primeiro episódio, por exemplo, quando o Senador Clark vê a imagem do transatlântico na tela da sala de controle (foto), ele é informado pelo Dr. Swain que está sendo visto o “passado vivo”. O Salão Althea, por sua vez, é informado por Tony Newman que o passado e o futuro são um só.
Adicionar legenda
No decorrer da série, Doug, Tony e as pessoas envolvidas no projeto do Túnel do Tempo descobrem que os eventos do passado podem ser alterados, em certa medida, pela intervenção dos viajantes do tempo e, em alguns eventos, sua pesquisa histórica permite tais alterações.
A série ganhou um Emmy Award (o Oscar da televisão) em 1967, por realizações individuais em Cinematografia. O prêmio foi para L.B. “Bill” Abbott, por seus efeitos especiais de fotografia.

A série foi considerada boa e os efeitos especiais impressionantes. Mas, o fato de Irwin Allen rejeitar scripts historicamente corretos, ou histórias que requeriam alguma reflexão por parte do telespectador, deixou o show um pouco infantil.

Talvez, a ideia de o Governo Americano ter conseguido manter em segredo um projeto do tamanho do Tic-Toc em um local com 12 mil pessoas, 800 andares de profundidade é algo menos aceitável que realmente existir um túnel do tempo. Mas essa era a marca de Irwin Allen, um homem que muitas vezes pediu: “Não seja lógico comigo”.
Em face a muitos problemas e a competição por ser exibido originalmente nos EUA nas noites de sexta-feira, entre o popular James West na CBS e O Agente da U.N.C.L.E. na NBC, Tony e Doug foram “vítimas”, mas não por estarem perdidos no tempo e, sim, pela queda de audiência. Apesar de “Túnel” não ir tão mal, e até chegou a ser escalado para ter uma segunda temporada, era um show caro, sem dúvida influenciando a decisão da ABC em cancelá-lo após um ano. O show mais inovador de Irwin Allen estava acabado. As reprises foram boas para a popularidade da série, em exibições vespertinas em estações locais.

O QUE O TERCEIRO ENCONTRÃO TEM A VER COM TUDO ISSO?

Kairós e Chronos

Como compreender exatamente o momento no plano de Deus com a história?
Qual o conceito do tempo de Deus, e como podemos aplicar suas promessas a nossa vida?
Voltar no tempo através de canções pode nos levar ao futuro? Como???
Acompanhe nossas postagens e vamos descobrindo juntos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...