quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Conheça o setlist do álbum ao vivo do Rebanhão

Conheça o setlist do álbum ao vivo do RebanhãoFaltam menos de dez dias para a gravação do novo trabalho ao vivo do Rebanhão. Será o primeiro disco da banda desde Vamos Viver o Amor, lançado em 1999. Com o lançamento recente do songbook comemorativo, o grupo divulgou as canções que farão parte do repertório.
O baixista Paulo Marotta, em entrevista ao Gospel Prime, explicou a forma de escolha. “A escolha das musicas para o DVD 35 é uma resposta as preferências do nosso público. Pesquisamos nas mídias sociais as mais pedidas, as mais buscadas, e elaboramos o repertório. É claro que não vai caber a lista inteira, e ficamos com as “18 mais” para este DVD”.
O songbook abrange dezessete das dezoito músicas que serão tocadas no DVD. A única música não inclusa foi a canção “Novo Dia” que, provavelmente, não será inclusa no álbum final por questões de espaço. O anúncio acerca da canção já tinha sido feito pelo violonista e guitarrista Carlinhos Felix.
A discografia do Rebanhão abrange trabalhos lançados de 1981 a 1999. Mas, no caso das canções escolhidas pela banda, apenas os sete primeiros álbuns de estúdio foram escolhidos. “Este trabalho é uma coletânea desde Mais Doce que o Mel até Enquanto é Dia”, disse Marotta.
Saiba, abaixo, as canções que estarão presentes, por álbum.
Mais Doce que o Mel (1981): Um dos discos de maior sucesso do grupo, Mais Doce que o Mel será abrangido com três músicas. Tratam-se do hit “Baião”, regravado por vários artistas e também da composição “Casinha”, também de Janires. Além disso, o grupo incluiu “Refúgio” (Pedro Braconnot), que esteve presentes em shows do conjunto por mais de dez anos.
Luz do Mundo (1983): Este disco, por sua vez, incluiu apenas a música “Hoje Sou Feliz”. Outra composição do ex-vocalista Janires, morto em janeiro de 1988, foi regravada por Carlinhos Felix em carreira solo.
Semeador (1986): O primeiro disco sem Janires e com Carlinhos, Paulo e Pedro dividindo os vocais foi contemplado com a canção “Pastor da Minh’Alma”. A faixa é composição de Felix.
Novo Dia (1988): O quarto trabalho do Rebanhão terá três canções regravadas. Uma delas será a versão de Paulinho Rezende “Jesus é Amor” original de Leonel Richie. Além disso, inclui uma composição de Pedro Braconnot, “Razão”, além do sucesso “Primeiro Amor”, mais tarde regravado por vários artistas evangélicos.
Princípio (1990): Um dos álbuns de maior sucesso do Rebanhão, também é o disco com a maior quantidade de faixas regravadas. São cinco: “Princípio”, “Fronteiras”, “Muro de Pedra”, “Selo do Perdão” e, claro, o maior sucesso da banda na década de 1990 – “Palácios”.
Pé na Estrada (1991): Apesar da notoriedade, o enfoque dado ao disco Pé na Estrada foi o mesmo de Luz do Mundo. Do disco, o Rebanhão escolheu a composição de Paulo Marotta que dá título ao álbum, “Pé na Estrada”, para o registro.
Enquanto É Dia (1993): O único disco do Rebanhão sem Carlinhos Felix e Paulo Marotta incluso no projeto de regravações, inclui a canção “Velho Amigo”, já liberada em videoclipe numa regravação de estúdio e a única composição do guitarrista Pablo Chies – “Comando de Cristo” – escrita juntamente com o tecladista Pedro Braconnot.
Gospelprime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...