sábado, 17 de setembro de 2016

Projeto quer conscientizar jovens de igrejas evangélicas sobre questões raciais


Idealizado e coordenado por Marco Davi, pastor na Igreja Batista em Parque Dorotéia (SP), o "Programa de Discipulado, Justiça e Reconciliação" quer concientizar jovens negros e brancos de igrejas evangélicas sobre questões raciais. Além de atuar no âmbito da evangelização, o projeto também pretende trabalhar para o fortalecimento espiritual e social de jovens da periferia de São Paulo.

O programa tem duração de 10 meses, com encontros mensais, onde serão realizadas leituras bíblicas focadas nas questões raciais, roda de conversa, dinâmicas e outras atividades que levem ao entendimento da imagem e semelhança de Deus na humanidade, e seu processo de reconciliação da humanidade com Deus em Cristo Jesus.

Entre os temas abordados no projeto estão identidade negra, negritude e igreja, africanidade da fé cristã, engajamento político, social e cultural, branquitude, supremacia branca, interpretação bíblica e racismo e reconciliação racial. Além de fomentar a discussão e reflexão desses temas entre a juventude, o projeto quer esclarecer qual o papel da igreja nesse processo de reconciliação.

O projeto tem entre suas propostas a realização de ações que levem ao engajamento social e visem a promoção de igualdade racial, valorização das mulheres negras, bem como ações contra o genocídio da juventude negra e a produção de um documentário sobre negros na igreja.

Marco Davi de Oliveira é mestre em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), um dos coordenadores do Movimento Negro Evangélico, fundador da Aliança de Negras e Negros do Brasil (ANNEB). É autor de A religião mais negra do Brasil: Por que os negros fazem opção pelo Pentecostalismo, publicado pela Editora Ultimato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...