terça-feira, 16 de agosto de 2016

MENSAGEM A PASTORES E LÍDERES

Recife, 15 de agosto de 2016
Estimado irmão e irmã,
Creio que você já tomou conhecimento da notícia que está circulando sobre o suposto envolvimento de um funcionário da Visão Mundial na Faixa de Gaza com o Grupo Hamas. Esta notícia muito chocou a todos que fazem parte da Visão Mundial e também aos seus apoiadores que conhecem a história desta organização cujo propósito é seguir a Jesus Cristo para que as crianças tenham vida em abundância.
Em 15 de Junho passado, o Exército de Israel prendeu Mohammad El Halabi - Gerente de Operações da Visão Mundial na Faixa de Gaza, sem nenhuma explicação sobre a razão da sua prisão. Durante 50 dias, a Visão Mundial e a família de Mohammad buscaram alguma resposta do Governo de Israel sem nenhum êxito.
Depois desse período sem resposta, Israel acusou Mohammad de desviar recursos dos programas da Visão Mundial para apoiar o Hamas. Esta mesma acusação também tem sido feita contra funcionários de outras ONGs Internacionais e das Nações Unidas. No entanto, nenhuma evidencia ou prova foi apresentada até o momento.
No último 08/08/16, Kevin Jenkins, Presidente da Visão Mundial Internacional fez uma declaração pública onde ressalta que a Visão Mundial está buscando entender as razões por trás das alegações impostas a Mohammad El Halabi e que espera que o Governo de Israel apresente as evidencias das acusações, o que até o momento não foi feito. As operações da Visão Mundial em Gaza estão suspensas até que se conclua uma auditoria externa que está sendo realizada de maneira independente. Os irmãos e irmãs podem ter acesso a declaração na íntegra de Kevin Jenkins no site da Visão Mundial Brasil –
As acusações carecem de consistência. Israel alega que foram desviados $50 milhões de dólares. No entanto, o orçamento total da Visão Mundial para a Faixa de Gaza nos últimos 10 anos foi de $22 milhões. Além disso, como Gerente de Operações, Muhammad El Halabi somente tinha delegação para aprovar gastos até $15 mil dólares.
Sou Diretor da Visão Mundial no Brasil e sei da seriedade e rigor da nossa organização no uso e prestação de contas dos recursos que nos são confiados pelos doadores. Além disso, somos signatários dos principais tratados internacionais de não envolvimento em conflitos armados, políticos ou terroristas.
O nosso trabalho fala por si mesmo. A Visão Mundial tem trabalhado com crianças, famílias e comunidades na Terra Santa desde 1975 e possui 5 escritórios com 150 funcionários em Jerusalém, Faixa Ocidental e Gaza, beneficiando cerca de 560.000 pessoas. O nosso principal esforço na região é fortalecer uma cultura de paz entre as crianças de Israel e Palestinas para que uma nova geração possa crescer sem o estigma do ódio e violência entre seus povos.
Portanto, meu irmão, minha irmã, peço suas orações a Deus:
• Por Mohammad El Halabi e sua família
• Por um processo legal transparente com uma conclusão justa
• Pelas crianças de Gaza. Que elas possam conhecer a paz e a liberdade, e que possam manter a fé em um futuro onde elas possam viver uma vida normal e pacífica
• Pelos pacificadores que atuam em Gaza, Cisjordânia, Jerusalém, Israel e no Oriente Médio
• Por sabedoria e discernimento para os líderes da Visão Mundial
Que Deus possa fazer sobressair a Justiça como a luz e o juízo como meio dia.

Amém
João Helder Diniz
Diretor Nacional
Visão Mundial Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...