segunda-feira, 29 de agosto de 2016

ESPECIAL ELEIÇÕES 2016 - Capitais têm 195 pastores disputando eleições

Com o notório fortalecimento político da Bancada Evangélica em Brasília, era esperado que crescesse o número de candidatos identificados com igrejas do segmento que cresceu 61% no país entre 2000 e 2010, segundo o IBGE.
A estratégia eleitoral de se usar títulos é antiga, sempre foi comum o uso de “professor”, e “doutor” ou ainda de patentes policiais. Porém, quando é um título eclesiástico logo surgem reclamações, geralmente lembrando que o Estado é laico.
Segundo levantamento da VEJA, nas eleições deste ano 250 candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador de todas as capitais brasileiras são identificados com uma posição em suas igrejas. São 195 “pastores”, 33 “missionários”, 14 “bispos”, sete “apóstolos” e um “presbítero”. A revista não divulgou quantos “padres” são candidatos.
A capital com maior número desse tipo de candidato é Belo Horizonte (MG), com 26 no total: 19 pastores, quatro missionárias e três bispos. Em segundo lugar está Manaus (AM), com 21. Salvador (BA), está em terceiro com 18, incluindo o candidato a prefeito com dois títulos: Pastor Sargento Isidório (PDT). Seu jingle de campanha diz: “o doido está buscando a paz, a união, drogas jamais”.
Na última posição está Cuiabá (MT), que possui apenas Pastora Janda como candidata que optou pela posição no nome que aparece na urna. Porto Alegre (RS) tem dois postulantes, Florianópolis (SC), Palmas (TO) e Macapá (AP) estão entre as capitais com os menores números no levantamento, tendo 3 cada uma.
De modo geral, este ano o sul é a região com o menor número de postulantes a cargo público oriundos de algum templo evangélico. Juntando Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, o balanço aponta entre 13 pastores, dois bispos e uma missionária.
Já o Nordeste lidera no número de indicações do tipo. Reunidas, as capitais dos nove estados nordestinos possuem como candidatos 67 pastores, 10 missionários, quatro bispos e dois apóstolos. Salvador (18), Recife (15) e Aracajú (12) lideram o quadro.
Analisando apenas as eleições para majoritária, prefeitos e vice-prefeitos, há uma disputa direta em Porto Velho (RO), onde o pastor James Melo (PR) concorre a vice na chapa liderada pelo doutor Ribamar Araújo (PR) tendo como adversário político o pastor Severino (DEM), vice de Pimentel (PMDB).
Conheça os candidatos que identificados com as igrejas evangélicas nas capitais brasileiras:
PastoresMissionáriosBisposApóstolosPresbíterosTotal
Belo Horizonte (MG)19430026
Manaus (AM)14214021
Salvador (BA)16200018
São Paulo (SP)15100117
Recife (PE)13200015
Belém (PA)11020013
Campo Grande (MS)9400013
Rio de Janeiro (RJ)9120012
Aracaju (SE)11001012
Curitiba (PR)9110011
Rio Branco (AC)7201010
Porto Velho (RO)9100010
Goiânia (GO)7300010
Fortaleza (CE)701008
São Luís (MA)431008
João Pessoa (PB)701008
Vitória (ES)610007
Natal (RN)311005
Maceió (AL)410005
Boa Vista (RR)410005
Teresina (PI)210104
Palmas (TO)210003
Macapá (AP)210003
Florianópolis (SC)201003
Porto Alegre (RS)200002
Cuiabá (MT)100001
gospelprime

Um comentário:

  1. Que se salve pelo menos alguns, pois dizem que são cristãos e entram na corrupção.

    ResponderExcluir

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...