sábado, 23 de abril de 2016

Pastor é morto por traficantes

Pastor é morto por traficantesO pastor Vagner Honório Lopes, 47 anos, liderava uma Assembleia de Deus do ministério de Todos os Santos, na comunidade do Jacarezinho, Rio de Janeiro. Ele foi morto por traficantes na manhã de sábado (22). Segundo foi divulgado, o líder religioso foi confundido com um policial, pois vestia terno cinza enquanto voltava para casa após uma noite de vigília na igreja. A farda dos policiais militares do Rio é cinza.
Vagner foi enterrado na tarde deste domingo (24), em Inhaúma. Estiveram presentes cerca de 500 pessoas, entre familiares e fiéis da igreja. A esposa do pastor, Kátia Honório, de 46, lembra que Vagner era amado pela comunidade e que sempre buscou a paz no local.
“Não quero citar nomes, mas o que eu peço é paz para a nossa comunidade. Vivemos numa guerra e precisamos que a nossa comunidade seja pacificada”, pediu.
O mais velho dos quatro filhos do pastor, Rodrigo Albert Honório, de 28 anos, lamenta: “Ele era amado pela comunidade. Ele não merecia ter este fim trágico. Eu e meus outros três irmãos nos tornamos órfãos de pai por conta desta violência do Rio de Janeiro”.
O culto fúnebre foi marcado pelos cânticos e palavras de confiança em Deus. Uma fiel explica que o pastor sempre dizia que no dia de sua morte não deveria haver tristeza, mas louvor e adoração.
O pastor Sóstenes Cavalcante, que é deputado federal, esteve presente no local e postou no seu perfil do Facebook um texto lamentando a morte do colega. Sóstenes esteve ligado à AD Todos os Santos por mais de 30 anos: “Sepultamento de crente salvo, é festa!!! Vagner até breve amigo…”, escreveu.
Com informações de Extra [2]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...