domingo, 8 de março de 2015

ESPECIAL DIA DA MULHER - Mulheres da Bíblia - Desconhecida, mas forte

A Bíblia pouco, ou quase nada, fala da esposa de Noé. Em Gênesis 6:13-22, Deus anuncia o dilúvio a Noé e pede para que faça uma arca, conforme os detalhes que Ele dizia.

Noé faz a arca e, claro, não tinha como esconder a sua obra. Imagine como essa família deve ter sido ridicularizada pelas pessoas ao redor? E sua esposa, será que ela também não foi apontada?

Ele estava obedecendo a Deus, mesmo que aquilo fosse algo louco de se fazer. E o papel de sua mulher não era somente ficar ao lado dele, mas apoiá-lo, acreditando em sua fidelidade a Deus e naquilo que deveria ser feito.

Observe que, na Palavra de Deus, não consta que a mulher de Noé estava ao seu lado quando Deus falou com ele. Então, o papel de acreditar e apoiar ficou ainda mais difícil, até porque construir um projeto grandioso como a arca parecia algo além da compreensão humana. E realmente era.

Uma mulher forte

Concluímos que Noé precisava de uma mulher forte ao seu lado, para ajudá-lo a passar por dificuldades e perseguições enquanto executava o plano de Deus.

A esposa de Noé, apesar de não ter um nome citado, foi de suma importância. Ela não se deixou levar por seus sentimentos humanos, pensando, por exemplo, que seu marido estava louco ao vê-lo construir a arca. Ela não deu espaço à dúvida, aos falatórios; ela simplesmente foi uma mulher forte, sem limites.

Será que ainda encontramos esposas assim? Fiéis, dedicadas e fortes o suficiente para passar pelas dificuldades ao lado do marido, sem duvidar, sem julgar, apenas confiando nele?

Quantas vezes seu marido se empolgou com uma ideia e você simplesmente o ridicularizou? Será que o plano que ele tinha não era um plano de Deus? Será que você não impediu que o realizar do Senhor acontecesse na vida dele e, por consequência, atrapalhou a chegada das bênçãos para toda a família?

Tome a esposa de Noé como um exemplo de mulher forte, que não precisou estar em foco, à frente de algo, mas sim foi todo o suporte para que seu marido pudesse obedecer a Deus. Ela realmente foi a mulher ajudadora e sábia (Provérbios 14:1).

A resposta à sua fidelidade e amor incondicional foi que Deus a chamou para estar ao lado do marido dentro da arca, ou seja, ela participou da bênção (Gênesis 7:1).

Que seu amor e sua lealdade a Deus e ao seu marido sejam tão reais que a façam viver a plenitude da graça de Deus.

por Tany Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...