domingo, 15 de fevereiro de 2015

JOCUM EXPLICA IMPORTÂNCIA DE AVANÇAR NO CARNAVAL


RESUMO HISTÓRICO

Em 1984, na cidade de Belo Horizonte, Deus compartilhou em nossos corações uma carga de responsabilidade acerca de tantas pessoas perdidas em busca de algo mais no Carnaval. Resolvemos, portanto, que não iríamos para mais um retiro espiritual abandonando a cidade para ser palco de bebedeiras, violência, imoralidade e abusos variados sem oferecer nenhuma resistência. Estávamos num pequeno grupo de aproximadamente 50 pessoas e tudo que tínhamos era um valente conjunto musical e muito desejo de pregar o Evangelho.

Impacto de carnaval em Belo Horizonte 

Já era um hábito do nosso ministério eventos rotineiros de evangelismo em praças, feiras, hospitas, presídios, etc. Experimentávamos um forte mover do Espírito Santo que nos impulsionava a uma vida intensa de testemunho. A única palavra que tenho para descrever tanta graça e favor de Deus naqueles dias é: avivamento. 
Nos instalamos na Praça Sete, em frente ao Cine Brasil, estrategicamente, onde os desfiles das Escolas de Samba terminavam. Nosso receio de como seríamos recebidos pelos carnavalescos foi logo substituído pela alegria de vermos tantas pessoas se convertendo e muitas delas sendo poderosamente libertas de espíritos e cadeias demoníacas.
No ano seguinte ganhamos um parceiro de peso  com o apoio maciço de Jocum. Algumas  pessoas  isoladas de várias denominações  também participaram e os resultados foram  mais uma  vez surpreendentes. Assim fomos  perseverando  a cada ano com um apoio cada  vez maior da  igreja belorizontina. Em 1988, atingimos a proporção de 1500 guerreiros  crentes que representavam não poucas denominações evangélicas, e usando diversificadas estratégias de evangelismo tivemos um resultado poderoso. A partir de 1989, coincidentemente, acabou o Carnaval de rua em Belo horizonte. Glória ao Senhor Jesus!

O CRESCIMENTO DA VISÃO

Paralelamente a Belo Horizonte, esta visão se multiplicou em muitas cidades e capitais do Brasil através de muitas denominações que sentiram o mesmo desafio de Deus. São incontáveis os testemunhos de pessoas que tem sido surpreendidas pelo poder e salvação do Senhor Jesus em pleno Carnaval. Na cidade de Curitiba, desde que implantamos nossa base missionária em 1986, temos ano após ano realizado programações evangelísticas em muitos outros eventos seculares, bem como campanhas de férias em praticamente todas as capitais brasileiras, alguns países da América Latina e África.

O BLOCO JESUS BOM A BEÇA EM JOÃO PESSOA
Em setembro de 1996, participamos juntamente com o Ministério Rhema (João Pessoa) e Jocum da programação evangelística durante a Micaroa, que é o carnaval fora de época de João Passoa. Com um bloco de aproximadamente trezentas pessoas e um trio elétrico de 75.000 Watts de potência pregamos abertamente para 250.000 pessoas durante cinco horas de desfile por dia. Jamais me esquecerei de quando passamos pela "Galeria da Folia", onde ficam as autoridades governamentais, reportagem, celebridades e jurados do evento. Nosso canto foi uma adoração ao Senhor que calou a cidade: "Ao único que é digno de receber a honra, e a glória..." Depois de uma breve palavra evangelística, oramos formalmente pelos governantes e pela cidade. Todo o Bloco Jesus Bom a Bessa estava ajoelhado com mãos levantadas com balões coloridos abençoando pessoas que choravam e aplaudiam comovidas pela doce e intensa presença de Deus que quebrantava todos corações, principalmente os nossos. Nestes dias onde normalmente aconteciam dezenas de mortes, acidentes e ocorrências policiais, houve apenas uma única ocorrência registrada. Glória a Deus!

ESCOLA DE SAMBA JESUS BOM A BEÇA EM CURITIBA

Poucos dias depois, em Curitiba, quando  cogitávamos de realizar este velho sonho  de um  Bloco Evangélico de Carnaval, de  repente,  milagrosamente, as portas foram  se abrindo.  Fomos convidados pelo líder  das Escolas de  Samba de Curitiba (que por  "coincidência" era  professor do Pastor  Alexandre que é o pastor da nossa igreja  matriz em Curitiba) a participar de uma  reunião onde nossa proposta poderia ser  avaliada. Mesmo deixando absolutamente  claro que nossa intenção substancial era pregar o Evangelho de Jesus, fomos apoiados unanimemente e pela primeira vez desfilamos como escola de samba oficial. Só nas ruas de Curitiba, em torno de 70.000 pessoas puderam ouvir o Evangelho através do desfile da Escola de Samba Jesus Bom a Beça bem como do evento de impacto que perdurou pelas quatro noites.

UM APELO AO CORPO DE CRISTO

Temos encontrado no Carnaval um poderoso meio para comunicarmos a mensagem mais poderosa e necessária do mundo que o Evangelho de Jesus. Comunicar nada mais é que a arte de se fazer entendido e para isto devemos romper preconceitos que apenas conquistam a antipatia das pessoas. Não estamos no carnaval para brincar ou divertir, mas gemendo pelas almas que se perdem, como o apóstolo Paulo diz: "Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns." (I Co 9:22). 
Não estamos negociando valores, mas obedecendo a vontade de Deus com estratégia e entendimento espiritual. Entendemos por estratégia espiritual a habilidade de proclamar o Evangelho se identificando com a linguagem cultural de um povo, sem todavia, pecar contra os valores do Reino de Deus. Toda cultura tem valores específicos que são chaves para a revelação do Evangelho. Por isto, através do enredo, através de cada ala, de cada figurante, com muita oração, sinceridade e temor, procuramos traduzir uma mensagem profética e oportuna a tantos corações perdidos e desesperados.

Esta é a proposta real da Escola de Samba  Jesus Bom a Bessa. Assim como Davi  cortou a  cabeça de Golias com a espada do  próprio  Golias, também usamos o carnaval  como uma  arma de batalha espiritual, uma  espada, para vencer e degolar hostes  malignas que tem  dominado sobre o nosso  Brasil. Convidamos ao Corpo de Cristo, a  Igreja, a qual o Senhor Jesus afirmou que as portas do inferno não prevaleceriam  contra ela, para junto conosco, em nome do Senhor dos Exércitos, não no espírito de carnaval, mas no poder do Espírito Santo libertar os cativos apregoando o ano aceitável do Senhor e o dia da sua vingança contra todo mal que tem tentado dominar nossas cidades. Contamos com você. 

Que Deus o abençoe!

Pastor Marcos de Souza Borges (Coty)
Jovens Com Uma Missão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...