quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

ESPECIAL - Pedro Cassimiro - O que é o Natal?

Neste sábado, no salão de
Recepções Boa Vista, haverá
celebração dos 90 anos de Pedro.
O que é Natal? 
Sim, um natal real é nascimento, 
é alegria, é boas novas, é contentamento, 
é festa, principalmente por um Menino 
que nasceu de uma maneira diferente.

O filho de Maria, não nasceu pelo relacionamento 
de um homem e de uma mulher, 
mas espiritualmente para que todos 
cheguem ao conhecimento 
desse milagre, creia e viva sorridente. 

E onde nasceu essa criança? 
Pergunto eu! Foi em uma hospedaria? 
não, por que estava tudo lotado, 
lugar para o Menino nascer não havia. 

Foram para um lugar 
onde havia uma estribaria, 
colocaram em uma manjedoura, 
em um estábulo, na cocheira, 
onde os animais comiam e dormiam. 

Ali Maria deu a luz ao Menino, 
O Messias, O Prometido, 
que antes de nascer já existia, 
enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, 
por que outro lugar não tinha.

Que paradoxo, um santuário 
em uma estribaria, na cocheira, 
era ali onde estava 
O Deus encarnado, 
O Messias, o que nasceu 
do ventre de Maria, 
estava junto, José 
o pai adotivo do Menino, 
que traçado já estava o seu destino.

Nesse santuário, os primeiros adoradores 
começaram  aparecer, 
os Pastores 
foram os primeiros a comparecer, 
depois de um anjo do Senhor descer, 

e onde eles estavam a contemplar, 
que a glória do Senhor 
veio a brilhar, 
a fim de lhes fazer compreender, 
o que já tinha acontecido, 
só faltava eles ver. 

Eles tiveram grande temor, 
quando viram a glória do Senhor, 
o anjo porém lhes disse: 
não temais, eis aqui vos trago 
boas novas de amor, 

de alegria e paz, 
é que hoje vos nasceu, 
na cidade de Davi, O Senhor 
que é Cristo o Ungido, 
o Salvador, o Príncipe da paz, 
outro acontecimento 
igual a este nunca mais.

E como é que está sendo comemorada 
esta festa internacional?
será que estão fazendo certo, 
de um modo real? 
Eu acho que não!

Eu venho observando, 
porém não critico não, 
só Deus é juiz, 
está vendo tudo, 
não deixa ganhar não. 

É famílias que se reúnem 
nesse dia, nas danças, 
nas boates, nas bebidas 
fortes, na prostituição, 
nos churrascos e no chimarrão, 

tenho certeza que Deus 
não se agrada desse tipo de comemoração, 
isso é para ímpio, 
ou para quem só tem religião. 

Os verdadeiros cristãos 
comemoram diferente, 
alegres, contentes, 
louvando a Deus por este 
grande presente. 

Os outros visitantes 
vieram do Oriente, 
vieram conscientes, 
eles criam em Deus, 
e chegando em Belém 
perguntaram 
onde está o recém nascido? 

o Rei dos Judeus?  
por que vimos a sua estrela, 
Ele também é o Nosso Deus. 
E continuaram a jornada, e
chegando entraram em sua casa, 
e viram o Menino com Maria, 
sua mãe, e logo sem demora, 
abrindo os seus tesouros, 
entregam as suas ofertas, 
não era esmola, e nem obrigação, 
ofertaram ouro, incenso 
e mirra de todo coração, 
com muita benção, por que viram o 
Prometido, o Messias, 
o Deus encarnado, a solução, 
e para os arrependidos, 
lhes dando o perdão, 
e certeza dos céus, 
livrando a todos da condenação.


É natal, é encarnação, é alegria, 
é satisfação, é certeza, 
que o Menino não está 
mais na manjedoura, 
é só comemoração, 
pois já temos a certeza que Ele 
está dentro dos nossos corações. 

Alegria! Alegria! Meus irmãos, 
que festejamos, com muitos louvores, 
e com muita gratidão, 
por esse presente, que graça!  
vindo do Autor da Criação. 
Que cada natal, 
seja comemorado com 
toda convicção, 
com muito amor no coração, 
e que em dois mil e quinze, 
se Ele ainda não tiver vindo, 
estejamos juntos em 
outra comemoração. 

Agora vamos todos nos abraçar, 
nos beijar, e darmos 
aquele aperto de mão, 
por Ele tirar nossas algemas, 
e nos dar a certeza da nossa salvação.

Presbítero Pedro Cassemiro da Silva
6ª Igreja Ev. Congregacional Vale da Bênção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...