sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Pecado é coisa Séria!

A Bíblia leva muito a sério o assunto do pecado.  Ela é clara em relação a sua gravidade. Tanto o Antigo quanto o Novo Testamento contém advertências e exortações sobre o mal que o pecado trouxe a humanidade.  Nesta nova série, vamos estar abordando as consequências do pecado no relacionamento com Deus e sobre o pecador no relacionamento com as outras pessoas. Hoje vamos refletir sobre as consequências que afetam o relacionamento com Deus.
“Ao pecar, colocamo-nos no lado oposto de Deus e tornamo-nos de fato seus inimigos”.
Quando Lúcifer se rebelou contra Deus por desejar ser igual a Ele, Deus o rebaixou a anjo caído perdendo assim toda possibilidade de um dia voltar ao convívio do Senhor. Ele tornou-se arquirrival do Senhor e juntamente com ele a terça parte dos anjos. Não havendo mais perdão sua missão é destruir a coroa da criação de Deus o “homem”, colocando-o na posição de inimigo do Todo Poderoso. O significado da palavra pecado é ERRAR O ALVO, pecado é tudo aquilo que TRANSGRIDE A LEI DE DEUS.
O tentador veio ao mundo dos espíritos com a sugestão de que o homem, colocando-se em oposição a Deus, poderia tornar-se semelhante a Deus. Adão se rendeu a tentação e cometeu o primeiro pecado, comendo do fruto proibido. Mas a coisa não parou por ai, pois com esse primeiro pecado Adão passou a ser escravo do pecado. Esse pecado trouxe consigo corrupção permanente, corrupção que, teria efeito não somente a Adão, mas também sobre todos os descendentes (Louis Berkhof ).
Por terem violado a confiança e o mandamento de Deus, o relacionamento ficou bem diferente. Eles se colocaram ao lado oposto de Deus e tornaram-se de fato inimigos. Não foi Deus que mudou de atitude ou de lugar, mas, sim, Adão e Eva. A geração atual não faz idéia da dimensão das consequências do pecado na vida de uma pessoa. Para entender por que Deus tem o pecador como inimigo é preciso primeiro conhecer a Deus. Deus é Santo I Pe 1:16, Deus odeia a todos que praticam a maldade Sl 5:5, Deus odeia a todo aquele que o odeia Dt 7:10
É impossível viver uma vida de pecado e achar que está agradando a Deus! O pecado faz separação entre Deus e o homem, foi assim no jardim do Éden. Ter o favor de Deus através da comunhão é um privilégio que o homem perdeu assim que pecou. Ainda hoje quando o homem peca Deus o lança fora de sua presença. O diabo tornou-se inimigo da humanidade, ele é sagaz e para levar consigo para o inferno o maior numero de pessoas ele fará de tudo. Essa é uma realidade que tem sido esquecida, pois o pecado já se tornou algo normal e sem “importância” não tem nada haver ou depende do ponto de vista. Só que a bíblia quando fala de pecado diz o seguinte: A alma que pecar morrerá Ez 18:20; O salário do pecado é a morte Rm 6:23; o pecado faz separação entre o homem e Deus Is 59:2.
O pecado é uma rebelião contra a Santidade de Deus, quando o homem peca ele está dizendo para Deus que não precisa Dele e que não concorda com seus preceitos. Observe que não é Deus que quebra o relacionamento, mas o homem. É por esse motivo que o pecador e o pecado devem ser punidos. Uma vez que este relacionamento é quebrado o homem por si só já não é mais digno de Deus e jamais fará alguma coisa para conseguir novamente a amizade com o criador. Diferente de todas as religiões e pseudo deuses que são tiranos e déspota, Deus em sua misericórdia providencia um novo caminho para o homem voltasse novamente a Deus, Jesus, o justo morreria por injustos para torna-los justos. O sacrifício que saciaria a ira de Deus e pagaria o preço do pecado imputando ao homem a justiça de Deus.
Romanos 6:23 – Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.

Uma pessoa apaixonada pelo ser humano, visionário, missionário por vocação, Blogueiro, uma pessoa simples disposta a marca minha geração.
gospelmais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...