quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Murilo Correia - Harmonia na Relação Conjugal


Quando Deus idealizou o casamento pensou na harmonia entre homem e mulher que pudessem conviver juntos para os fins pelos quais o Senhor os criou. Com o pecado do casal, agora as diretrizes de Deus já não fazem muito sentido na relação conjugal, pois cada um quer fazer o que quer no casamento. 

É preciso, entretanto reconhecer que se isto não for corrigido imediatamente e o casal voltar-se para as orientações do Senhor, irá entrar em rota de colisão e o destino final do casal é a inevitável vida de Brigas, Acusações, traições desrespeito, frieza e separação e o pior, o divórcio.

- Há, no entanto, algumas ações que se ambos os cônjuges tiverem a disposição de vivencia-las, será remédio para a harmonia no casamento. Da muitas ações creio que a comunicação é o pilar de todas as outras.

- O grande desafio dos cônjuges é a conversa afetuosa e atenciosa. Precisamos evitar dar ordens. Não use suas palavras para ferir o outro. Não insulte. Não force o outro a concordar com sua opinião. Evite lembrar-se dos erros passados. 

Procure se interessar pelos assuntos do outro. Se a comunicação foi cortada, então não há mais harmonia no casamento.

REFLEXÃO: Quantas vezes você se assenta com seu cônjuge para uma conversa a dois logo cedo no café da manhã, ou em qualquer outro momento do dia?

• Que tipo de conversa vocês desenvolvem neste raro momento?

• De quem vocês falam enquanto estão a sós?

- Se vocês não conseguem falar de vocês mesmos, um contar um pouco de se mesmo, do que sentem, os seus traumas, suas dificuldades, seus medos, suas angustias, mas também de suas vitórias e alegrias; sem que sejam citados nomes de terceiros. Se vocês não conseguem conversar sobre vocês dois, então algo está muito errado. Ou vocês perderam o canal da comunicação (vontade de dialogar), da afeição, da admiração e suprem esta falta com a vida dos outros.

LEMBREM-SE: O casal precisa de uma historia pessoal, e esta história tem que ser escrita e compartilhada por ambos e deve ser recheada de: Aventuras dos dois – De momentos hilários dos dois – Dos micos que um pagou para o outro – 
Da alegria da maternidade e paternidade – Da vida diária dos filhos – Dos momentos íntimos que passaram e que querem ainda passar – Das experiências que ambos tiveram com Deus.

- Vejam quantos assuntos podem ser comunicados em um dialogo amistoso e muito edificante para o casal. O velho guerreiro Chacrinha já dizia: “QUEM NÃO SE COMUNICA SE TRUMBICA”. 

O casamento pode melhorar e crescer, mas não esqueça que ele é feito de detalhes. 

Às vezes você quer fazer grandes coisas, e ignora as pequenas. 

Fica a Dica! 

Que Deus te ajude.

Murilo Correia
pastor da IEC Vale da Bênção
Jardim Panorama

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...