quinta-feira, 16 de outubro de 2014

RELEMBRANDO - Grupo Sinal Verde

Sinal Verde é o álbum de estreia e único 
trabalho da banda de rock cristão 
homônimo, lançado em 1981.
Lançado em compacto, 
o projeto reúne duas músicas, de autoria do guitarrista 
e produtor da banda, também integrante, 
Lucas Ribeiro. A canção "Pra Você", 
mais tarde esteve na coletânea Ponto de Encontro.
A banda Sinal Verde é um exemplo. Um grupo de rock do Rio de Janeiro, formado em 1979 e com duração até 1983, os oito integrantes deste conjunto eram membros da Igreja Presbiteriana de Copacabana. São: Lucas Ribeiro (vocal, composições, guitarra, charango e violão), Lulu Milazzo (vocal), Edy Gusmão (vocal), Carlinhos Felix (guitarra e vocal), Luciano Ribeiro (teclado e vocal), Lisâneas Sá Freire (violão e vocal), Julio Henry (baixo e vocal) e Claudio Ferreira (bateria e vocal). Além do rock progressivo, a banda explorava outras sonoridades. O guitarrista Lucas Ribeiro é o compositor de todas as canções já gravadas pelo grupo.
O grupo foi formado na mocidade da Igreja Presbiteriana de Copacabana, na mesma época em que Janires (fundador e vocalista do Rebanhão) chegara a igreja. O cantor, que hoje é um dos mais importantes nomes da história da música cristã brasileira convivia junto com os membros do Sinal Verde, desde os cultos de louvor, retiros e atividades da igreja, logo manifestando o desejo de fundar o Rebanhão no Rio, ao qual era o seu maior sonho. Foi através do Sinal Verde que conheceu Carlinhos Felix que, por ser o dos integrante com maior tempo disponível foi convidado a entrar no Rebanhão como vocalista, que aceitou prontamente. Porém, nesta época Carlinhos prosseguia sendo integrante dos dois grupos. Os membros de ambos os conjuntos tocavam entre si na falta de alguns membros, eventualmente.
Lucas Ribeiro escreveu duas músicas, projetadas para um compacto de estreia do Sinal Verde. “Pra Você”, escolhida para o Lado A, e “Assim Diz o Senhor (Salmo 35)” para o outro lado. Porém, o grupo, inicialmente não tinha muitos recursos financeiros para a gravação. Foi necessário que, então os integrantes da banda pegassem dinheiro emprestado do pai e Lulu Milazzo, a única vocalista feminina da banda.
Em 1981, o Sinal Verde entrou em estúdio e gravou o compacto homônimo. Para gastar o menor tempo possível em estúdio, o grupo ensaiou durante meses as músicas, posteriormente lançadas pela Tropicalia Discos. O álbum foi gravado no estúdio TOK, localizado no Rio de Janeiro, e foi vendido em igrejas, praças, juntamente com apresentações da banda.
Todavia, o início da banda precedia seu fim. O primeiro membro a deixar o Sinal Verde foi Carlinhos Felix – o Rebanhão, naquele ano lançara “Mais Doce que o Mel”, que foi sucesso nacional, fazendo que, o cantor não conseguisse mais conciliar sua carreira com os dois grupos. Segundo relatos de Claudio Ferreira, a grande sorte de Felix era seu emprego na Petrobras, que o permitia faltar dias de trabalho para viajar com o Rebanhão. Isto foi crucial para que o músico permanecesse no mundo da música até que pudesse sobreviver exclusivamente dela. Mais tarde, com casamentos e demais trabalhos dos outros integrantes atrapalhavam os ensaios da banda.
Foi uma pena, pois o potencial criativo do Carlinhos, Lucas e Luciano era enorme. O felizardo do Carlinhos tinha um emprego na Petrobrás que não sei como, lhe permitia viajar, faltar dias de trabalho, com isso tendo muito mais liberdade pra tocar por aí a fora. Eu era da Embratel, e se fizesse isso estava demitido na hora! Não nos surpreendeu quando ele se juntou ao Janires pra tocar com o Rebanhão, que tinha uma posição mais arrojada em termos de viagens e se expor à nível nacional. (Claudio Ferreira)
Em 1983, a banda encerrou suas atividades. Dos demais integrantes, apenas Lucas Ribeiro prosseguiu a trabalhar com a música. Várias de suas composições, algumas em parceria com Felix foram gravadas pelo Rebanhão (“Paz do Senhor”, “Vinde as Águas”, “Princípio”, “Salvador”, “Firme os Pés”, dentre outras). Fernanda Brum também gravou “Senhor do Universo”, porém este é tema para outro Trazendo à Memória.
Em março de 2013, após 30 anos do fim do Sinal Verde, a maioria dos integrantes da formação inicial (Lucas, Luciano, Claudio, Julio, Lulu e Edy) se reuniram na Igreja Presbiteriana de Copacabana e fizeram a primeira e única apresentação do grupo após o hiato.
Abaixo, o compacto gravado pela banda na íntegra, divulgado pela gravadora que  o lançou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...