sábado, 9 de agosto de 2014

Especial Dia dos Pais - O BOLETIM


Calvino Rocha
Num dia desses li a história de um pai, muito ocupado, que foi chamado à escola para uma reunião onde receberia o boletim do filho. O pai ficou ofendido com a convocação da escola, pois era um homem muito ocupado, tanto que não prestou atenção em nenhuma palavra dita pela professora.

No momento certo, a professora convidou-o para entregar o boletim de seu filho. Porém, ao abri-lo, o pai viu notas medianas, muitos seis e setes e decidiu guardar o boletim porque ficou constrangido com o desempenho do filho.

De volta para casa, o pai indignado foi recebido com um abraço pelo filho. Mas ao invés de retribuir o abraço, ele tirou o cinturão e bateu no filho e o colocou de castigo.

À noite, quando se recolheu para dormir, o pai já estava mais calmo e a mãe aproveitou para lhe entregar o boletim, para que ele o visse com mais cuidado. Ele leu na parte superior do mesmo: “BOLETIM DO PAPAI”. Os alunos haviam se reunido para dar notas aos pais pelo seu desempenho.

- Pelo tempo que seu pai dedica a conversar com você antes de dormir: 6

- Pelo tempo que seu pai dedica para brincar com você: 6

- Pelo tempo que seu pai dedica para lhe ajudar com as tarefas: 6

- Pelo tempo que seu pai dedica para levar a família ao passeio: 7

- Pelo tempo que seu pai dedica para ler um livro pra você antes de dormir: 6

- Pelo tempo que seu pai dedica para lhe abraçar e lhe beijar: 6

- Pelo tempo que seu pai dedica para assistir televisão com você: 7

- Pelo tempo que seu pai dedica para escutar suas dúvidas ou problemas: 6

- Pelo tempo que seu pai dedica para lhe ensinar coisas: 7
Média: 6,22

Enquanto lia esta história, fiquei me perguntando sobre qual seria a minha nota como pai. Será que eu tenho cumprido a minha vocação? Será que eu tenho sido um bom “mordomo” e zelado pela vida dos meus filhos?

Conquanto a avaliação dos meus filhos, sobre o meu desempenho como pai, seja importante, o mais importante é saber o que Deus tem a dizer sobre o meu papel como pai. 

Entendo que nós pais, precisamos viver a nossa paternidade para a glória de Deus. Portanto, precisamos ter um desempenho infinitamente melhor. 

Que Deus nos ajude e parabéns papai!

Pr. Calvino Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...