sexta-feira, 11 de julho de 2014

Ataques israelenses a Gaza vão continuar, afirma primeiro-ministro

Palestinos carregam o corpo de familiares mortos em um ataque de mísseis israelenses, na cidade de Beit Hanoun, no norte da Faixa de Gaza (Foto: Khalil Hamra/AP)
Palestinos carregam o corpo de familiares mortos em um
ataque de mísseis israelenses, na cidade de
Beit Hanoun, no norte da Faixa de Gaza
(Foto: Khalil Hamra/AP)
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, prometeu nesta quarta-feira (9) intensificar os ataques contra o movimento islamita Hamas na Faixa de Gaza, que já matou 43 palestinos.
“Decidimos intensificar os ataques contra o Hamas e as outras organizações terroristas em Gaza”, declarou Netanyahu, segundo um comunicado divulgado por seu gabinete. “O Hamas pagará um preço alto pelos tiros contra a população civil. A segurança dos israelenses é primordial e esta operação continuará até que os disparos contra as localidades israelenses parem e a calma volte”, acrescenta o texto.
O exército atacou mais de 150 alvos nesta terça-feira (8) e os militantes palestinos lançaram mais de 130 foguetes, incluindo vários em Tel Aviv, a maior cidade de Israel, e em Haifa, ao norte. A aviação israelense realizou 160 operações aéreas contra o Hamas na Faixa de Gaza durante a madrugada de terça-feira para quarta-feira, informou um porta-voz militar.
De acordo com o general, 120 pontos de lançamentos de foguetes, 10 postos de comando do Hamas e vários túneis foram atacados.  As brigadas Ezedine al-Qasam, do Hamas, anunciaram que lançaram quatro foguetes contra Jerusalém pela primeira vez desde 2012.
Mas a rádio militar israelenses informou que o sistema de defesa aérea “Cúpula de Ferro” interceptou nesta quarta pelo menos cinco foguetes lançados em direção a Tel Aviv e sua região.
A mesma rádio também informou que dois foguetes palestinos disparados a partir da Faixa de Gaza caíram no mar em frente a Haifa, no norte de Israel. É a primeira vez que foguetes palestinos atingem o grande porto do norte de Israel, a mais de 165 km de Gaza. Os disparos foram reivindicados pouco depois pelo braço militar do Hamas em Gaza.
A rádio pública informou que um dos projéteis atingiu uma área próxima ao complexo turístico Caesarea e o outro a praia da região de Carmel, ambas no sul de Haifa. Segundo uma fonte militar xiita citada pela rádio, o Hamas tem em seu poder dezenas de foguetes deste tipo.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...