sábado, 19 de abril de 2014

Toinho de Alagoas já está nos braços do Pai


"Na Terra o cantar tá triste

Pela partida de Toinho.
No céu o forró comanda,
Isaías abriu caminho.
Os dois hoje cantam
Um santo forrosinho".

Nelson Lima
Faleceu na sexta-feira, 18 de abril, às 21 horas, em Recife, o cantor e compositor Toinho de Alagoas. Foi levado para capital na quinta-feira para ser internado após sofrer infarto. Toinho era casado, dois filhos e tinha 59 anos. 

O corpo foi velado hoje de manhã (sábado 19) no Dom Bosco, entre os amigos presentes estavam os cantores José Fernando, Marcelo Silva e Erasmo Miguel. Como não havia nenhum pastor presente o próprio José Fernando fez o ato religioso de despedida. Depois o corpo saiu de Caruaru em direção a Alagoas as 11 horas pra ser enterrado na terra dele a pedido dele mesmo.

Ele teve uma carreira muito próspera quando ainda estava no meio secular, chegando a ter o seu talento musical reconhecido internacionalmente.

DE CARUARU PARA O MUNDO

Ele desenvolveu sua carreira, inicialmente muito prestigiado no nordeste, Desenvolveu sua carreira apresentando-se em festas de forró, festas juninas e apresentações em clubes e barzinhos em diversas cidades nordestinas.

Em 1980, conheceu, juntamente com o sanfoneiro Duda das Passira, que faleceu no ano passado, o produtor e flautista Zé da Flauta que resolveu gravar algumas canções com eles e mais Heleno dos Oito Baixos e Zé Orlando, o que resultou no disco "Forró Brasil", LP posteriormente transformado em "Brazil: Forró. Music for Maid and taxi Drivers”, que ganhou o Grammy Awards na categoria "Traditional Folk" em 1991. Nesse ano, o forró "Maria é uma louca", com Luano do Recife, foi gravado por Luano do Recife.

Neste período Toinho já havia entregado sua vida para Jesus e não viajou com eles para receber o prêmio.

Em 1983, teve a composição "No balanço da canoa", apresentada por Alceu Valença no Festival de Montreux na Suiça e gravada no disco "Brazil night – ao vivo em Montreux - Alceu Valença, Milton Nascimento e Wagner Tiso".

DO “MUNDO” PARA CRISTO

Uma das pessoas que sempre falava sobre Jesus com Toinho é o produtor de eventos Jaelcio Tenório, que foi uma das pessoas usadas por Deus para evangelizá-lo e depois apresentá-lo em seus programas e eventos. No meio evangélico Toinho de Alagoas permaneceu compondo e cantando, fez parceria com diversos outros compositores e cantores, como Tiago Duarte.
Temos conhecimento que gravou cinco (05) CDs evangélicos e participou de diversos eventos e cultos em igrejas e ministérios. Sendo parceiro no estilo musical de sanfoneiros como Isaías do Acordeon, Erasmo Miguel e do poeta cordelista Nelson Lima.

“Pra mim muito grande perca de um poeta evangelista com nem um outro jamais vi, eu o amava muito e cheguei a declarar varias vezes no radio isso do meu amor e admiração por ele”, falou Erasmo Miguel à Presentia.
Foto: valeceu ontem no hospital em recife . o meu poeta toinho de alagoas.
o corpo foi velado hoje de manhá no dom bosco ,  os cantores jose fernado e marcelo silva erasmo miguel. estiverão no culto funebre o corpo saio de caruaru em direção a alagoas as 11 horas pra ser interrado na terra dele a pedido dele mesmo. pra mim muito grandea perca um poeta evangeita com nem um outro , eu o amava muito cheguei a declarar varias vezes no radio isso do meu amor e adimeração por ele
Entre amigos: três guerreiros que amam e lutam pela contextualização do Evangelho.
Erasmo Miguel, Nelson Lima e Toinho de Alagoas. A foto foi tirada durante a despedida de
Isaías do Acordeon e  já registra uma expressão de cansaço do poeta.
Outro amigo e parceiro ministerial que registrou depoimento à Presentia foi Nelson Lima:

“Toinho sempre representou fé, humildade, desprendimento; talento, desinteresse financeiro, serviçal. Lembro sempre dele, pra cima e pra baixo, com um mói de CDs nas mãos tentando vender aos amigos, talvez, os IRMÃOS não se interessavam em comprar.”

Muitos relatos existem de que nestes últimos anos o Toinho vinha se sentindo abandonado, tanto pelo meio secular como pelos irmãos na fé. “Apoio moral e espiritual não enche barriga de ninguém, até oração sem ação perde validade”, completa Nelsom.

Eliana Faustinny
Eliana Faustinny, filha que herdou do pai o dom de cantar, nos falou que apesar desta falta, podia-se testemunhar da presença e cuidado de Deus sobre eles. "O Deus a quem meu pai servi e nossa família serve, nunca nos abandonou e sempre cuidou da gente".

TESTEMUNHO DO PAI
"Meu pai amava a Deus e confessava que partindo daqui teria um encontro real com Cristo, ele sempre pregava o Evangelho por onde andava e dizia  'que aquele que não aceitasse Jesus como salvador não herdaria o reino dos céus como diz as sagradas escrituras. Deixando para todos o versículo João 3:16."
Toinho testemunhos até poucas horas antes da morte, Eliana relata que um dia antes de falecer ele citou em alto e bom som na UTI DO HOSPITAL GETÚLIO VARGAS para todos que estavam na sala ouvir... "COMBATI UM BOM COMBATE ACABEI A CARREIRA  GUARDEI A FÉ (II TIMÓTIO 4:7)."

HOMENAGENS NO RÁDIO
Toinho em apresentação pública
Nas emissoras 102 e 107 FM o público poderá conferir mais sobre o talento do Toinho de Alagoas, na terça-feira 22 de abril.

O programa Bom dia Vida, apresentado por Vanderson Lype, fará a homenagem primeiro, entre as 9h e 11 da manhã, na 107 FM.

Às 16 horas o “Louvor Nordestino” apresentado por Erasmo Miguel na 102 FM vai ser inteiro sobre o Toinho.




Nota: Presentia agradece a Erasmo Miguel e Nelson Lima que
 colaboraram com a produção desta matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba no seu e-mail informações de Presentia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...